Chicago por Mariana Perassa!

Mari Perassa viajou para CHICAGO e trouxe um roteiro incrível para quem pretende visitar o local. Confiram:
 
“O que visitar: Navy Pier é um local lindo para passar um fim de tarde, possui muitos bares e restaurantes (se tiver oportunidade vá na Garrett Popcorn, uma loja famosa de pipocas que possui os mais diversos sabores. Não curto misturar doces com salgado mas arrisquei um mix de caramelo e queijo, muito bom e nada enjoativo). O mesmo local é ponto de embarque dos famosos passeios de barco, fui no inverno e infelizmente estava fechado.
 
 
As demais atrações turísticas conheci em apenas dois dias. No primeiro fui ao Millenium Park (onde se encontram o Cloud Gate, mais conhecido como “The Bean”, Crown Fountain (uma fonte que exibe o rosto dos moradores de Chicago), e o Jay Pritzker Pavilion um teatro a céu aberto). De lá caminhei até a Buckingham Fountain (fechada no inverno), e fui seguindo pela S Lake Shore até chegar no Shedd Aquarium (a caminhada é longa mais vale a pena, de um lado fica a cidade grande, do outro a “praia”). No dia seguinte, visitei o Adler Planetarium pela manhã (a parte mais legal é o cinema e só recomendaria pra quem realmente gosta do assunto) e o The Field Museum pela tarde. 
 
 
Quanto aos zoológicos, não recomendo no inverno. A maior parte dos animais ficam escondidos devido ao frio, e alguns até são encaminhado para outro lugar durante esse período, sem contar que ambos zoológicos ficam bem longe da região central. Porém, arrisquei ir conhecer os bairros Lincoln Park (a vista do lago Michigan é incrível), Bucktown e Wicker Park (ficam super próximos e fui de metro pela linha azul, que por não ser subterrâneo já permite conhecer um pouco mais da cidade). São 3 bairros super descolados com bares, restaurantes e diversas boutiques). 
 
Skydeck – Vista fenomenal, e as partes do piso de vidro trazem uma sensação única. Recomendaria ir em dias de semana, finais de semana geralmente o movimento é intenso (fiquei cerca de 1:20h na fila, em um sábado). 
 
Restaurantes – Conheça o tradicional The Purple Ping, possui um cardápio mais voltado para carne de porco mas opções (sem carne) não faltam. 
 
Fiz uma reserva no restaurante Avec, que possui um ambiente minimalista e a comida deliciosa. É do mesmo dono que o restaurante Blackbird (situado ao lado, que possui uma estrela Michelin) portanto é uma maneira de desfrutar da experiência gastronômica de Paul Kahan por um custo mais baixo. 
 
Ainda sobre Guia Michelin, o Alínea é um dos restaurantes mais conceituados de Chicago, possuindo 3 estrelas (porém, bom reservar com bastante antecedência). 
 
 
O edifício John Hancock Center, famoso pelo seu observatório, conta também com um bar chamado The Signature Room at the 95th. Vista maravilhosa (tão bonita quanto a do observatório) e a diferença é que você não paga pra entrar, somente o que consumir. Obs: caso haja interesse em jantar no local, é necessário reserva mas para o bar não foi preciso. 
 
Outros dois lugares imperdíveis são a pizzaria Giordano’s, famosa pelas stuffed pizzas (mais parece um bolo recheado) e o Nutella café (o primeiro nutella café do mundo). O melhor de tudo é que ficam ambos na mesma esquina.”

Você pode gostar também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*