UPCYCLING: a tendência da ressignificação e da criatividade

Seja na moda, na arte, na arquitetura, ou nas tarefas do cotidiano, estamos vivendo um momento importante no que diz respeito a sustentabilidade.

Se tem um assunto que a geração Millenial procura se aprofundar, é a sustentabilidade. Não precisa procurar muito para cada vez mais encontrar pautas que referem-se à um estilo de vida mais saudável, com maior reaproveitamento de matérias-primas e um menor ritmo de produção.

Do lixo ao luxo, uma das técnicas desenvolvidas para exercer a criatividade e poupar o meio ambiente é o UPCYCLING. Diferente da reciclagem tradicional, o Upcycling não envolve nenhum tipo de química, trazendo um novo propósito para o material que seria descartado, sem perder a qualidade do mesmo. Esse método acaba sendo benéfico para reduzir as emissões de gás carbônico no meio ambiente, e criar novos produtos dentro de outros já existentes.

Algumas marcas brasileiras de moda já começaram seu trabalho na área do Upcycling, e tem feito isso com muita criatividade e bom gosto!

INSECTA SHOES

A Insecta Shoes é uma marca de calçados veganos e ecológicos, que não abre mão da estética nas suas criações. Os calçados são produzidos a partir de produtos como garrafas PET recicladas, algodão reciclado, borracha reaproveitada, peças de roupas usadas e afins.

RE-ROUPA

A Re-roupa é uma marca super cool de São Paulo que também faz aproveitamento de matéria-prima já existente para produzir suas coleções. Fins de rolo de tecidos, retalhos e roupas com defeitos. Além disso, a marca promove diversas oficinas e cursos itinerantes para promover ações em prol dessa causa.

THINK BLUE UPCYCLED

A Think Blue é uma marca carioca que tem o jeans como protagonista. Você sabia que são gastos 11 mil litros de água para produzir uma única calça jeans? O objetivo da marca é reformar os jeans produzindo novas peças a partir de restos já existentes, e o resultado é super legal!

AHLMA

A marca Ahlma foi criada por André Carvalhal e também tem o objetivo de fomentar a indústria da moda sustentável. Tudo é produzido no Brasil para ajudar a economia local, com matérias-primas veganas e tecidos reaproveitados, reciclados ou certificados.

EXEMPLO GRINGO: REFORMATION

A marca americana Reformation vende seus produtos em e-commerce e entrega no Brasil. São o exemplo perfeito para unir sustentabilidade e modernidade na hora de criar seus produtos. A marca foi criada Yaya Aflalo, estilista que trabalhou anos na indústria convencional da moda, e resolveu mudar de área, sem alterar nada do ar elegante e descolado das suas criações.

O Upcycling é TENDENCIA de mercado e algumas marcas já estão aí para provar que existe (muito) público para isso. O que vocês acham do assunto?

Você pode gostar também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*