Leitura em dia: sugestões de livros!

Reunimos aqui dicas de leitura bastante ecléticas com títulos de praticamente todos os gêneros. Também não nos restringimos a um tempo histórico ou a um país específico, o nosso único critério foi recomendar livros que façam a diferença no seu momento.

Conheça abaixo alguns títulos que farão você enxergar a vida de outro ângulo.

1. Sobre os Ossos dos Mortos, de Olga Tokarczuk

Sobre os Ossos dos Mortos

Essa senhora polonesa recebeu o prêmio Nobel em 2018 e, se você ainda não a conhece, corra agora para a conhecer.

A autora prodígio que apesar da pouca idade já coleciona prêmios nos conta nesse romance a história da protagonista Janina Duszejko, uma senhora de sessenta anos apaixonada por animais.

Janina mora em um vilarejo afastado com dois cães. Seu drama se inicia quando os cachorros desaparecem – e, para completar o mistério, na pacata região duas pessoas aparecem mortas também sem motivo.

2.A revolução dos bichos, de George Orwell

A revolução dos bichos, de George Orwell

Em tempos politicamente cada vez mais conturbados, vale ler novamente A revolução dos bichos, um clássico escrito por George Orwell.

A fábula que foi publicada em 1945 permanece atual até os dias de hoje e a sua leitura nos faz embarcar em um mundo paralelo que, ao contrário do que possa parecer a primeira vista, tem muito a ver com o nosso.

A história se passa na Granja do Solar, onde uma série de bichos se reúne para fazer uma revolução. São galinhas, pombas, cachorros, cavalos, vacas, cabras, burros e ovelhas que possuem características humanas.

Com muito custo o proprietário acaba por ser expulso da sua quinta e os animais tomam a frente da quinta, criando um novo tipo de sociedade, igualitária e baseada na não exploração.

A leitura de A revolução dos bichos é repleta de humor e nos faz pensar sobre a nossa própria sociedade, o sistema de trabalho, as condições de vida, a desigualdade.

3. Mindfulness – atenção plena, de Mark Williams e Danny Penman

Mindfulness, Mark Williams

Vivemos em um mundo contemporâneo assolado pela pressa, pelo excesso de informações e pela solidão.

Relatórios das organizações mundiais de saúde já apontam que a Depressão e a Ansiedade serão dos grandes males do próximo século. Na tentativa de informar as pessoas e mudar o rumo dessa trágica constatação, Mindfulness – atenção plena, foi publicado.

O livro reúne o criador da terapia cognitiva com base na atenção plena (Mark Williams) e um jornalista (Danny Penman) que trazem ao público um programa de oito semanas que promete fazer com que o leitor mude a sua perspectiva diante da vida.

A ideia é exercitar meditações diárias, simples e de curta duração, que permitam desenvolver a capacidade de atenção plena.

4. Nietzsche para estressados, de Allan Percy

Nietzsche Para Estressados (Em Portugues do Brasil): Allan Percy ...

Nietzsche para estressados é um manual inteligente e estimulante que reúne 99 máximas do gênio alemão e sua aplicação a várias situações do dia a dia. A sabedoria de Nietzsche é de grande utilidade na busca de uma solução para uma série de problemas, tanto na vida pessoal quanto na profissional.

Este breve curso de filosofia cotidiana foi criado por Allan Percy para nos auxiliar nos momentos em que precisamos tomar decisões, recuperar o ânimo, encontrar o caminho certo e relativizar a importância dos fatos da vida. É indicado para quem procura inspiração no pensamento do filósofo mais influente da era moderna para combater as angústias e os medos dos dias de hoje.

5. A Coragem de Ser Imperfeito, de Brené Brown

A Coragem de Ser Imperfeito - Saraiva

Viver é experimentar incertezas, riscos e se expor emocionalmente. Mas isso não precisa ser ruim. Como mostra Brené Brown, a vulnerabilidade não é uma medida de fraqueza, mas a melhor definição de coragem.

Quando fugimos de emoções como medo, mágoa e decepção, também nos fechamos para o amor, a aceitação e a criatividade. Por isso, as pessoas que se defendem a todo custo do erro e do fracasso acabam se frustrando e se distanciando das experiências marcantes que dão significado à vida.

Por outro lado, as que se expõem e se abrem para coisas novas são mais autênticas e realizadas, ainda que se tornem alvo de críticas e de inveja. É preciso lidar com os dois lados da moeda para se ter uma vida plena.

Em sua pesquisa pioneira sobre vulnerabilidade, Brené Brown concluiu que fazemos uso de um verdadeiro arsenal contra a vergonha de nos expor e a sensação de não sermos bons o bastante, e que existem estratégias eficazes para serem usadas nesse “desarmamento”.

Nesse livro, ela apresenta suas descobertas e estratégias bem-sucedidas, toca em feridas delicadas e provoca grandes insights, desafiando-nos a mudar a maneira como vivemos e nos relacionamos.

6. Essa é com você, que livro te chamou atenção nos últimos meses? Conta pra gente!

Você pode gostar também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*