SENSIBILIDADE É DIVINDADE

Quantas vezes deixamos de ser a nossa autêntica verdade por termos medo de sermos muito sensíveis? 

Por quantas vezes nos prendemos à nossas experiências passadas, acreditando que todas as pessoas e situações são iguais as que já vivemos, e assim nos endurecemos, negamos o que sentimos, deixamos de demonstrar nossa sensibilidade que é o nosso poder?

Quem foi que disse que ser sensível tem algo a ver com fraqueza, fragilidade?

A sensibilidade nos liberta do condicionamento mental, ela expande a nossa percepção, nos permite ir além do que já é conhecido.

Sensibilidade é a única inteligência, pois a partir dela conseguimos captar os insights da Consciência que surgem no Agora! 

Ela é um dos nossos maiores instrumentos meditativos, ela nos permite diferenciar o que vem do mundo e o que vem do nosso Ser, o que vem da nossa essência!

Ela nos permite separar o que é real e o que não é. 

Não tema sua própria sensibilidade! 

Se expanda com seu poder de sentir!

Seja!

Do meu coração,

para o seu! 

Você pode gostar também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*